Main menu
Comunidade da RESEX Cazumbá-Iracema é finalista do prêmio PRONATEC Empreendedor

Comunidade da RESEX Cazumbá-Iracema é finalista do prêmio PRONATEC Empreendedor

O projeto inscrito na 3ª edição do concurso nacional foi o da agroindústria de açaí em atividade há quase dois meses na Reserva Extrativista Cazumbá Iracema. O empreendimento nasceu na sala de aula do curso de Açaicultor, ofertado pelo Instituto Federal do Acre, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que certificou 28 moradores da RESEX.

A ideia que surgiu com a capacitação virou projeto e o presidente da Associação de moradores da Reserva, senhor Aldeci Cerqueira Maia – conhecido como seu Nenzinho – juntou forças com o chefe do escritório do ICMBio de Sena Madureira, Tiago Juruá, para torná-lo realidade. O recurso de R$ 80 mil veio da Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (United States Agency for International Development- USAID).

Com recurso na mão, a própria comunidade construiu o espaço da agroindústria com os padrões de uma empresa alimentícia, internamente azulejado com portas e janelas de inox, filtro especial de água, três despolpadeiras, mesa de seleção, balanças de precisão, freezer, termômetros especiais, caixas próprias para o transporte das polpas congeladas para a cidade, toda a estrutura e equipamentos necessários para iniciar o funcionamento.

Hoje, o empreendimento envolve cerca de 50 pessoas no trabalho de beneficiamento de polpa de açaí que, por enquanto, produz para o consumo da comunidade da RESEX, prioridade na entressafra.

A iniciativa agradou os avaliadores do prêmio nacional Pronatec Empreendedor que tem por objetivo identificar Relatos de Iniciativas Empreendedoras, realizados por estudantes de Educação Profissional, em cursos do Pronatec, que tenham sido estimulados por meio de aulas com temáticas sobre empreendedorismo. O prêmio reconhece essas inciativas publicamente, contribuindo assim para o estímulo da cultura empreendedora por meio de exemplos de sucesso. O projeto do IFAC aparece em sexto lugar na lista com os 10 classificados para a fase final, divulgada no portal do concurso Pronatec Empreendedor. É o único que leva o nome de um Instituto Federal. lista premio

O coordenador adjunto do Pronatec na regional do Vale do Purus comentou como é significativo ver o projeto entre os finalistas. “A comunidade vive uma realidade que dificultou até a inscrição no projeto. Os alunos mesmo não conseguiram fazê-la porque moram na Reserva e lá ainda não tem internet. Tivemos que dar o suporte para inscrever a iniciativa e deu certo. Agora, ver o projeto entre os finalistas do prêmio Pronatec Empreendedor depois de tantas dificuldades enfrentadas até para ofertar o curso que plantou a semente da Agroindústria é uma imensa satisfação”, disse o coordenador.

As três melhores iniciativas serão divulgadas no dia 22 de outubro. O primeiro colocado ganha uma viagem para conhecer um centro de referência ou projeto de Empreendedorismo, a ser definido pelo SEBRAE.

O 3º Prêmio PRONATEC Empreendedor é realizado pelo SEBRAE, em parceria com o Ministério da Educação (MEC), com o apoio dos parceiros ofertantes: Serviços Nacionais de Aprendizagem (SENAC, SENAI, SENAR,SENAT), Rede Federal (CONDETUF e CONIF), Redes estaduais (CONSED, CONSECTI), Redes municipais (FIEC/CEPIN e FUNEC Contagem/MG).

voltar ao topo

Facebook