×

Aviso

Simple Image Gallery Pro Notice: Joomla!'s /cache folder is not writable. Please correct this folder's permissions, clear your site's cache and retry.
Main menu
IFAC abre turmas do PRONATEC em comunidades rurais de Sena Madureira

IFAC abre turmas do PRONATEC em comunidades rurais de Sena Madureira

“Eu estava cerca de 40 anos sem estudar. Agora saio muito cedo de casa para conseguir chegar na escola no horário para poder fazer o curso, porque moro longe da escola”. Dona Lucinda Souza da Silva, de 60 anos, disse isso entusiasmada com oportunidade de voltar a estudar. Ela começou o curso do Pronatec, de Piscicultor, ofertado pelo Instituto Federal do Acre (IFAC) na comunidade rural chamada São José, em Sena Madureira.

Além do curso em que dona Lucinda está matriculada, o IFAC abriu outras quatro turmas na zona rural de Sena. A segunda na comunidade São José foi a de Agricultor Florestal.

Esses dois cursos, o de Agricultor Florestal e o de Piscicultor, são ofertados pela ramificação do Programa que visa beneficiar mulheres em situação de vulnerabilidade social, o Pronatec/Mulheres Mil.

“É a primeira vez que o Pronatec/Mulheres Mil atende a uma comunidade rural no munícipio de Sena Madureira. As atividades começaram com uma aula inaugural e com a apresentação do que é o programa, como funciona, metodologia de trabalho, uma atividade integradora entre as discentes e o Mapa da Vida, atividade lúdica em que as alunas tentam passar para um cartaz algo que as identifiquem. A ideia do Mapa da Vida é promover uma autorreflexão sobre a trajetória de vida”, explicou a coordenadora adjunta do Pronatec/Mulheres Mil do IFAC no Vale do Purus, Marcelle Araújo.

Na comunidade Boca do Yaco, outras duas turmas foram abertas, as de Auxiliar em Agroecologia e Horticultor Orgânico.

E a terceira comunidade rural de Sena Madureira a ser beneficiada com os cursos do Pronatec/Ifac foi a Valparaíso. Lá a formação é de Beneficiador de Produtos Extrativistas.

O coordenador adjunto do Pronatec/IFAC na regional explicou que a oferta dos cursos tem a contribuição da prefeitura do munícipio. “A prefeitura é nossa parceira. É nas escolas municipais que ficam nessas comunidades que as aulas ocorrem e não podemos deixar de agradecer esse apoio”, ressaltou.

 

Galeria de Imagens

{gallery}200{/gallery}
voltar ao topo

Facebook