Main menu

Purus

Projeto integrador marca encerramento do curso de Auxiliar Técnico em Agroecologia na Boa do Iaco

IMG-20160502-WA0030

A regional do Vale do Purus em Sena Madureira encerrou mais um curso na comunidade da zona rural Boca do Iaco concedido pelo Instituto Federal do Acre – IFAC através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec-Campo, atendendo demanda do Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA. O curso ofertado desta vez para a comunidade rural foi o de Auxiliar Técnico em Agroecologia, ministrado pelos professores José Edirlei Alves e Aldilene Barros.

O projeto integrador de encerramento durou o dia todo na Escola de Ensino Fundamental José Manoel dos Santos e contou com a presença dos alunos, seus familiares, professores e moradores da região.

Na ocasião, os alunos ficaram responsáveis por destacar a importância da agroecologia e seus benefícios para comunidade. A turma de aproximadamente 20 alunos foi dividida em três grupos.

O primeiro grupo ficou com a apresentação do “Controle Agroecológico de Pragas e Doenças” que destacou a importância do manejo integrado de pragas que estabelece uma série de medidas voltas para diminuir o uso de agrotóxico na produção convencional.

Já o segundo grupo abordou o “Sistema Agroflorestal” e seus aspectos fundamentais que vão desde o uso de práticas agrícolas de forma integrada, o equilíbrio ambiental, o manejo ecológico do solo, plantio de mudas e a redução do desmatamento.

É para finalizar a exibição dos trabalhos o terceiro grupo falou sobre a “Produção Agroecológica de Alimentos Orgânicos” que teve como enfoque o consumo de alimentos mais saudáveis. Além da exposição de alimentos preparados com produtos orgânicos para a degustação.

De acordo professor do Pronatec, José Edirlei Alves, o objetivo da prática foi estimular os alunos e moradores da região a defesa do meio ambiente a partir do processo formativo de sustentabilidade, além de promover uma melhor qualidade de vida através do cultivo de alimentos sem utilização de agrotóxicos. “Os alunos puderam pôr em pratica o conhecimento adquirido na teoria, trabalhando diversos temas como conscientização da utilização de alimentos sem presença de agrotóxicos, a importância de materiais reciclados, a importância de uma alimentação saudável através de alimentos orgânicos e a importância do solo e sua preservação”, explicou.

Leia mais ...

Servidores Públicos melhoram qualificação através do Pronatec/IFAC

turma  libra

Não basta um profissional conquistar a estabilidade no setor público. O aprimoramento precisa ser constante. E assim, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec vem contribuindo também para a formação continuada dos servidores públicos ofertando cursos profissionalizantes em diversas áreas.

É o caso da facilitadora em Libras da Escola Estadual Assis de Vasconcelos, Átila Maria Gouveia. Ela aperfeiçoa sua prática profissional no curso Básico de Libras ofertado na regional Vale do Purus, em Sena Madureira. Átila conta que a capacitação a auxiliou ainda mais na interação com os alunos.
“Agora realizo atividades que antes não podia, nunca tivemos um curso desse aqui no município, essa foi a primeira vez que tivemos a oportunidade de participar de uma capacitação em Libras. Pude ampliar meus conhecimentos na área, além de contribuir bastante com o trabalho que desenvolvo em sala de aula”, disse.
Pelo segundo ano, o Instituto Federal do Acre - IFAC oferta a modalidade Pronatec-Serviços Públicos a trabalhadores de órgãos das esferas federal, estadual e municipal, visando colaborar com desenvolvimento das competências necessárias para a realização das atividades nas instituições.
Neste primeiro semestre de 2016 foram mais de 200 vagas ofertadas para servidores públicos em todo o Estado. Entre os cursos ministrados estão de Programador Web, Auxiliar de Arquivo, Organizador de Eventos, Assistente Administrativo, Administrador de Banco de Dados, Assistente de Recursos Humanos, Agentes de Projetos Sociais e de idiomas (Inglês, Espanhol e Língua Brasileira de Sinais – Libras), entre outros.

Leia mais ...

Alunos de Sena Madureira visitam Incubadora de Aves na Capital

A turma do curso de Avicultor, ofertado na comunidade Guarani, dentro da reserva Extrativista Cazumbá-Iracema, em Sena Madureira, se deslocou a Rio Branco para conhecer a Central de Incubação do Estado. Durante a visita, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer todo o funcionamento de uma incubadora.

O professor Cleber Lucas De Souza foi quem acompanhou a turma. “Os estudantes observaram as máquinas, o manejo de logística, recepção, incubação, nascimento e comercialização dos pintinhos de um dia”, explicou o professor.
Depois da visita a Central de Incubação, a turma aproveitou a vinda a Rio Branco para conhecer também o dia a dia de uma granja de postura, montada na propriedade do senhor Auricélio, localizada no km 19 da BR-364, já em direção ao município de Senador Guiomard.

O proprietário relatou um pouco do que já viveu na avicultura, área em que já trabalha há 18 anos. “Comecei funcionário de uma pequena granja, e hoje sou empresário e dono da minha própria granja. Atualmente, tenho um plantel composto por 30.000 aves de postura, produzindo ovos industriais, vermelhos e brancos. E já estou planejando expansão porque a demanda cresceu mais do que eu esperava. O próximo passo será montar granjas no interior, inclusive em Sena Madureira que também se revela um ótimo mercado consumidor”, disse Auricélio.

Relato muito animador para os estudantes que pensam em aproveitar o aprendizado do curso para empreender. Naira Maria é uma das alunas e falou sobre o aproveitamento das visitas. “É de suma importância conhecermos a vivência e a experiência de outras pessoas, isso transforma a nossa visão sobre a avicultura, adquirimos conhecimento prático, e vamos levar tudo para a nossa comunidade, contribuir para a construção de uma nova fonte de renda”, completou a aluna.

O curso de avicultor é um dos ofertados pelo Instituto Federal do Acre (Ifac), através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

avicultor2

Leia mais ...

IFAC oferta curso no Centro Socioeducativo do Purus

De adolescentes privados de liberdade à adolescentes com uma oportunidade de inserção no mercado de trabalho e reintegração social. Essa é a intenção do Instituto Federal do Acre (Ifac) ao levar cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) para dentro das unidades do Instituto Socioeducativo (ISE) no Acre, como o curso de Horticultor Orgânico que está sendo ofertado no Centro Socioeducativo do Purus, em Sena Madureira.

Uma turma de 20 socioeducandos aprendem as técnicas de cultivo de produtos orgânicos e são estimulados ao empreendedorismo. Tudo isso em 200 horas de curso, com aulas às segundas, terças, quintas e sextas-feiras, pela manhã.
L.Q.S., é um desses alunos e disse já ter aprendido uma lição. “Ter essa oportunidade me mostrou que nós podemos vencer na vida. Podemos ter um futuro melhor, longe da criminalidade. Cometi um erro e agora vejo que posso transformar essa história no início de uma superação”, disse o adolescente.

F.B.S. também já enxerga novos rumos para a vida dele e agradeceu a oportunidade. “É uma porta que se abre para que possamos nos reintegrar a sociedade. Viver uma vida melhor, sem drogas, violência, preconceito e ainda podemos passar esse conhecimento para outros adolescentes, evitar que eles tomem o mesmo caminho e fiquem como estamos hoje. E só posso é agradecer pela oportunidade”, completou o garoto.

O diretor do Centro Socioeducativo do Purus, Josué Santiago Siqueira acompanha o trabalho do Ifac com os adolescentes. “Essa parceria entre Ifac e ISE é muito importante. Já vemos frutos na conscientização desses adolescentes. Quero agradecer a iniciativa, porque mesmo com as limitações, o Ifac não tem medido esforços para que ações como essa possam está acontecendo em nossa unidade”, finalizou.

A capacitação dos 20 socioeducandos no Centro do Purus iniciou em fevereiro e esses alunos devem ser certificados no final de abril.

Leia mais ...

Alunos e servidores do Ifac Sena Madureira assistem a palestra sobre prevenção de câncer de mama e colo de útero

Discentes do curso de Assistente de Crédito e Cobrança do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Mulheres Mil, ofertado pelo Instituto Federal do Acre (Ifac) em Sena Madureira assistiram a uma palestra sobre prevenção de câncer de mama e colo de útero no dia 09 de março. A atividade organizada pela Coordenação do Mulheres Mil também teve a participação de alunos de outros cursos e servidores do Campus Sena Madureira.

De acordo com a orientadora social do Pronatec/Mulheres Mil, Marcelle Araújo “em alusão ao Dia internacional da Mulher, a palestra foi planejada com o objetivo de informar as alunas sobre a importância do cuidado com a saúde e a necessidade de acompanhamento médico nas Unidades Básicas de Saúde como forma de prevenção”.

O palestrante convidado, Rodrigo Gomes de Lima, enfermeiro da Unidade Básica de Saúde avaliou positivamente a atividade. “A atividade foi bem proveitosa para os alunos, tanto homens como mulheres e além dos servidores, poderem tirar algumas dúvidas sobre o câncer de mama e colo de útero, e assim poder aprimorar a compreensão sobre o tema abordado na palestra”, afirmou.

mulheres-mil-palestra-csm 2

“A palestra foi ótima para poder nos ensinar a se preocupar e cuidar mais da nossa saúde, podemos tirar nossas dúvidas e aprender a realizar o autoexame”, comentou a aluna do Pronatec, Maria Ziete, 30 anos.

Para a discente de Licenciatura em física, Antônia Charlene, 22 anos a palestra foi muito importante. “Muitas de nós não conhecemos quais as formas de tratamento e é de fundamental importância esse momento com um profissional para nos orientar. É sempre bom obter conhecimentos na área de saúde. Eu gostei muito, espero que possamos ter outras palestras do gênero para podermos conhecer quais os riscos que estamos correndo com o nosso corpo”.

Texto: Jaqueline Oliveira (ASCOM/IFAC) 

(Com informações do Pronatec/Mulheres Mil Regional Vale do Purus)

Leia mais ...

IFAC inicia aulas de sete cursos do Pronatec na Reserva Cazumbá Iracema

O fim de semana foi cheio para as equipes do Instituto Federal do Acre (IFAC), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMbio) e da Prefeitura de Sena Madureira. A comitiva embarcou para a Reserva Extrativista Cazumbá Iracema no sábado, 30, para dois dias de aulas inaugurais dos novos cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

O IFAC, com a ajuda dos parceiros, iniciou as aulas de sete cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) em quatro comunidades da RESEX. A primeira a ser visitada pelas equipes foi a comunidade Guarani, onde o Instituto abriu as atividades do curso de Avicultor.

Na comunidade Iracema, o curso iniciado foi o de Agricultor Agroflorestal e na “Cuidado” foram os de Apicultor e Auxiliar em Agroecologia. Cada turma com 20 alunos.

A comunidade que foi contemplada com mais cursos foi a Associação do Cazumbá. Ao todo são 60 alunos, divididos entre as turmas de Beneficiador de Produtos Extrativistas, Fruticultor e Açaicultor.

Além de começarem as aulas, os 140 alunos contemplados na Reserva receberam os kits com farda e material de higiene pessoal durante as cerimônias que marcaram o início das aulas nas comunidades.

A coordenadora geral do Pronatec/Ifac, Alcilene Alves, o coordenador adjunto na regional Vale do Purus, Cleudo Farias, e os demais servidores do IFAC, foram acompanhados de autoridades para a realização dessas aulas inaugurais. Entre elas, o prefeito de Sena Madureira, Mano Rufino, a secretária de Educação do município, Vanda Mota, o secretário de produção Adevaldo Rodrigues, mais conhecido como “Boa Ideia”, o presidente da Associação Cazumbá Iracema, Aldeci Cirqueira Maia, famoso “Seu Nenzinho” e o chefe da Reserva Tiago Juruá.

A coordenadora geral do Programa desenvolvido pelo IFAC ressaltou a satisfação de viver mais esse momento do Pronatec nas comunidades de difícil acesso. “Graças a preocupação do Governo Federal em dar continuidade a esse projeto, a nossa parceria com o ICMbio e também o apoio, em diversos momentos, da prefeitura de Sena, que essa não é a primeira vez que ofertamos capacitação a essas comunidades. O bom é que o Pronatec/Campo deu certo e nós continuamos. Estivemos, mais uma vez, abrindo novas turmas, vendo mais pessoas que vivem praticamente isoladas do universo urbano com a oportunidade de receberem conhecimento, capacitação profissional”, finalizou Alcilene.

Leia mais ...

IFAC abre turmas do PRONATEC em comunidades rurais de Sena Madureira

“Eu estava cerca de 40 anos sem estudar. Agora saio muito cedo de casa para conseguir chegar na escola no horário para poder fazer o curso, porque moro longe da escola”. Dona Lucinda Souza da Silva, de 60 anos, disse isso entusiasmada com oportunidade de voltar a estudar. Ela começou o curso do Pronatec, de Piscicultor, ofertado pelo Instituto Federal do Acre (IFAC) na comunidade rural chamada São José, em Sena Madureira.

Além do curso em que dona Lucinda está matriculada, o IFAC abriu outras quatro turmas na zona rural de Sena. A segunda na comunidade São José foi a de Agricultor Florestal.

Esses dois cursos, o de Agricultor Florestal e o de Piscicultor, são ofertados pela ramificação do Programa que visa beneficiar mulheres em situação de vulnerabilidade social, o Pronatec/Mulheres Mil.

“É a primeira vez que o Pronatec/Mulheres Mil atende a uma comunidade rural no munícipio de Sena Madureira. As atividades começaram com uma aula inaugural e com a apresentação do que é o programa, como funciona, metodologia de trabalho, uma atividade integradora entre as discentes e o Mapa da Vida, atividade lúdica em que as alunas tentam passar para um cartaz algo que as identifiquem. A ideia do Mapa da Vida é promover uma autorreflexão sobre a trajetória de vida”, explicou a coordenadora adjunta do Pronatec/Mulheres Mil do IFAC no Vale do Purus, Marcelle Araújo.

Na comunidade Boca do Yaco, outras duas turmas foram abertas, as de Auxiliar em Agroecologia e Horticultor Orgânico.

E a terceira comunidade rural de Sena Madureira a ser beneficiada com os cursos do Pronatec/Ifac foi a Valparaíso. Lá a formação é de Beneficiador de Produtos Extrativistas.

O coordenador adjunto do Pronatec/IFAC na regional explicou que a oferta dos cursos tem a contribuição da prefeitura do munícipio. “A prefeitura é nossa parceira. É nas escolas municipais que ficam nessas comunidades que as aulas ocorrem e não podemos deixar de agradecer esse apoio”, ressaltou.

 

Leia mais ...

Cursos do Pronatec fomentam empreendedorismo rural

José de Souza é um bom exemplo de como a formação profissional pode mudar vidas. O pequeno produtor do Polo Agroflorestal Elias Moreira, no município de Sena Madureira, quilômetro 6 da Estrada Xiburema, decidiu estudar aos 65 anos de idade. Matriculou-se no curso de Avicultor.

O curso do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego no Campo (Pronatec/Campo), foi ofertado pelo Instituto Federal do Acre (IFAC), em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA, no início do ano passado na comunidade onde o produtor mora.

Já durante o curso, seu José resolveu, com as orientações do professor, montar um galpão para aves. Com uma pequena reserva de recursos próprios e a economia que fez com os R$550,00 que recebeu de bolsa para auxílio da alimentação e transporte ele comprou 350 pintinhos e um pouco de ração, iniciando seu próprio aviário.

Em poucos meses, seu José recuperou o investimento. Sua primeira venda foi regularizada pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Governo, e repassada para escolas da região. O lucro ele já reinvestiu e hoje abastece o comércio de Sena Madureira com suas aves.

Antes de fazer o curso de avicultor, seu José vivia da venda de um pouco de milho, cheiro verde e cupuaçu. “O curso deu um outro rumo em minha vida, uma outra visão. Aprendi boas técnicas que proporcionaram uma melhor criação de aves. E irei carregar isso por toda minha vida. Planejo e pretendo dar continuidade na criação”, contou.

Para o coordenador adjunto do Pronatec no Vale do Purus, Cleudo Farias, é imensa a satisfação de ver que um ex-aluno do Programa absorveu o conhecimento e aplicou de forma eficaz, abrindo seu próprio negócio. “Certamente era só esse incentivo que ele precisava e o Pronatec, com profissionais qualificados, deu essa oportunidade", comentou.

Leia mais ...

IFAC certifica turmas do Pronatec em comunidades de Sena Madureira

O Instituto Federal do Acre (IFAC) certificou 34 alunos em dois cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) ofertados através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) em duas comunidades rurais de Sena Madureira. As certificações ocorreram nos dias 05 e 06 de novembro.

A primeira turma a ser certificada foi a de Bovinocultor de Leite com 17 alunos. O curso foi ofertado a comunidade Favo de Mel, localizada no quilômetro 23 da BR-364, sentido Sena – Rio Branco. A cerimônia de certificação ocorreu na escola municipal Leonice Fernandes de Almeida Bregense, onde os alunos tiveram as aulas.

Na sexta-feira, 06, foi a vez dos 17 alunos da comunidade Boca do Iaco, onde foi ofertado o curso de Criador de Peixes em Viveiros Escavados. A cerimônia ocorreu na escola municipal José Manoel dos Santos, localizada na região de fronteira entre os municípios de Sena Madureira (AC) e Boca do Acre (AM).

As cerimônias contaram com a presença da coordenadora geral do Pronatec/IFAC, Alcilene Alves, do coordenador adjunto na regional Vale do Purus, Cleudo Farias e do prefeito do município, Mano Rufino.

A coordenadora do programa aproveitou as duas ocasiões para incentivar os alunos a aplicar os conhecimentos adquiridos nos cursos. “Nós ofertamos cursos de acordo com a realidade e necessidade de cada comunidade. Justamente por isso esperamos que esses cursos mude a realidade dessas pessoas. Ficamos muito felizes quando nos deparamos com o exemplo da comunidade da Resex Cazumbá-Iracema. Os alunos de lá concluíram o curso de Açaicultor e usaram o conhecimento adquirido para criar a agroindústria de beneficiamento de açaí. A iniciativa acabou em terceiro lugar no Prêmio Pronatec Empreendedor. Queremos mais dessas transformações nas comunidades por onde passamos e ainda vamos passar”, completou Alcilene Alves.

Segundo a coordenadora, a expectativa para 2016 é de que mais cursos sejam ofertados e ressaltou a importância de continuar com a parceria do município. A prefeitura custeou o transporte dos professores e para a comunidade Boca do Iaco também garantiu a estadia deles. A região é de difícil acesso, só chega depois de viajar uma hora de barco a motor pelos rios Iaco e Purus e por isso os professores precisavam passar o fim de semana na comunidade.

Leia mais ...

Cazumbá ganha Prêmio Pronatec Empreendedor

O projeto de Açaí da Reserva Extrativista Cazumbá-Iracema venceu em terceiro lugar do Prêmio Pronatec Empreendedor. “Esse prêmio vai para a nossa comunidade e para o ICMBio que nos deu importante apoio nesse projeto”, afirmou Isaías Afonso, morador da Reserva Extrativista (Resex) Cazumbá-Iracema, na tarde desta quinta-feira (22), em solenidade no auditório do Sebrae, em Brasília.

A premiação foi concedida ao projeto de agroindústria de beneficiamento da polpa do açaí, implantado há cerca de dois meses na reserva. O projeto surgiu a partir do curso de açaicultor, oferecido aos extrativistas pelo Instituto Federal do Acre (Ifac), por meio do Pronatec-Campo, e recebeu impulso dos gestores do ICMBio, que acreditaram na ideia de montar uma fábrica no interior da Resex.  

Atualmente, o empreendimento emprega 50 pessoas nas várias etapas do processo de beneficiamento da polpa do açaí – coleta, transporte e produção. Mas, vai precisar de mais gente logo logo. Até o final do ano, a polpa, consumida basicamente pela comunidade da reserva, passará a ser vendida no mercado de Sena Madureira, município que abriga a Resex, e de Rio Branco, capital do Estado. 

Seleção - Para ganhar o prêmio, o projeto dos extrativistas acreanos teve que passar por uma criteriosa seleção que levou em conta 120 iniciativas empreendedoras de destaque em todo o País. Inicialmente, a experiência de Cazumbá ficou entre as dez finalistas. “Chegar à final, para nós, já era uma vitória. Imagina ganhar o terceiro lugar, estar entre os três melhores do Brasil!”, comemorou Rayline Maia, também moradora da reserva, exultante com a conquista.

Isaias e Rayline vieram a Brasília acompanhados  pelo Coordenador Adjunto do Pronatec na região do Vale do Purus no Ifac, Cleudo Faria, um dos responsáveis pelo curso de açaicultor. Eles receberam o prêmio das mãos da diretora técnica do Sebrae, Heloisa Regina Guimarães. “Já estamos nos organizando para formar cinco novas turmas de açaicultor até o fim do ano, porque a produção da fábrica vai aumentar muito”, disse Faria.

O Prêmio Pronatec Empreendedor é promovido pelo Sebrae, em parceria com o Ministério da Educação e apoio, entre outros, dos serviços nacionais de aprendizagem (Senac, Senai, Senar, Senat). Tem por objetivo estimular a cultura empreendedora por meio de exemplos de sucesso.

A Reserva Extrativista Cazumbá-Iracema é administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), no município de Sena Madureira, no Acre, uma das regiões de mais baixo IDH do País. Tem 750 mil hectares e abriga 340 famílias que vivem exclusivamente do extrativismo. Com a entrada em funcionamento do projeto de beneficiamento do açaí, os moradores sonham com dias melhores.

Com informações do Portal do ICMBio

Leia mais ...

Facebook