Main menu

Purus

IFAC certifica turmas de três cursos do Pronatec em Manoel Urbano

Auxiliar de Secretaria Escolar, Auxiliar Administrativo e Criador de Peixes em Viveiros Escavados, foram nesses cursos que 72 alunos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) foram certificados em Manoel Urbano.

A cerimônia ocorreu no Centro de Florestania do município, na segunda-feira, 22. Representantes das instituições que trabalham junto com o IFAC para que esses cursos cheguem até as comunidades estiveram presentes. O ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) foi representado pelo engenheiro agrônomo Gustavo Ferreira, a Secretaria Estadual de Educação pela coordenadora do Núcleo Estadual de Educação, Francisca Rodrigues dos Santos, e a prefeitura pelo chefe de gabinete do prefeito, Jeferson Contes. Junto deles, compuseram a mesa de honra, o diretor geral do IFAC/Câmpus Sena Madureira, Marcelo Helder Santana e a coordenadora Geral do Pronatec/IFAC, Alcilene Oliveira Alves.
Também estiveram presentes o coordenador adjunto do Pronatec/IFAC na regional Purus, Cleudo Farias e o vereador Jefferson Magalhães.

Antes de entregarem os certificados, os componentes da mesa falam sobre o Programa. O diretor geral do IFAC/Câmpus Sena Madureira, Marcelo Helder Santana, parabenizou a equipe pelo trabalho desenvolvido. “A certificação de mais três turmas do Pronatec caracteriza a concretização do IFAC no município de Manoel Urbano. Trazer educação técnica e profissional ao município é uma das missões da instituição. A coordenação adjunta do Pronatec/Regional Purus vem realizando um excelente trabalho na região, levando cursos profissionalizantes às mais diversas comunidades. Todos estão de Parabéns!”, destacou o diretor.

A coordenadora geral, Alcilene Alves, ressaltou a importância do Programa para o desenvolvimento da região. “Aqui, como nos demais municípios do Estado, levamos capacitação que contribui para melhorar a produtividade e isso tem consequência para a economia da região. Desta vez, também ofertamos cursos para os servidores públicos e isso fortalece outro setor. E o objetivo é que, em breve, mais ações sejam desenvolvidas. Já está nos planos a oferta de cursos à distância com o apoio, que é sempre presente, do Câmpus Sena Madureira”, concluiu a coordenadora.

O representante do MDA, Gustavo Ferreira, instituição demandante do curso de Criador de Peixes em Viveiros Escavados, elogiou o trabalho feito pelo Instituto. “Muito bom ver todos esses alunos concluindo essa etapa tão importante para a evolução do trabalho e claro para o aumento da produtividade na região. Aproveitem todo o conhecimento adquirido no curso e não deixem de aplicar no dia-a-dia de vocês. O IFAC faz um trabalho incrível aqui e em todos os municípios onde atua, agradeço a parceria e quero dizer que a equipe está de parabéns por tudo o que é desenvolvido”, encerrou.

Leia mais ...

Turma de Inseminador Artificial em Animais fazem aula prática na Embrapa/AC

Os alunos do Curso de Inseminador Artificial em Animais, do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego - PRONATEC, do Instituto Federal do Acre IFAC/Câmpus Sena Madureira, tiveram aula prática na Estação de Melhoramento e de Difusão de Genética Animal - EMDGA, coordenada pela Secretaria de Estado de Agropecuária – SEAP, localizada na Embrapa/Acre, BR- 364, na capital.

A aula foi ministrada pelo professor Clebson Lucas De Souza, com as colaborações do Dr. Rodolpho Satrapa e do supervisor do curso Jefferson Viana Alves Diniz.

O intuito foi mostrar os equipamentos utilizados na técnica de inseminação artificial, a motilidade espermática por meio de microscopia e o processo do descongelamento do sêmen até a montagem no aplicador universal.
O professor ressaltou que essas aulas práticas são de grande importância para o aprendizado dos alunos, pois os mesmos irão juntar a teoria vista em sala de aula junto com a prática. “É no dia a dia que irão ver as dúvidas e os desafios”, afirmou o professor.

Para o supervisor “é muito importante que os alunos tenham esse contato prático com os equipamentos de laboratório. Isso ajuda os alunos a fixarem melhor o que foi visualizado durante todo o curso”, completou Jefferson.

embrapa editada

Leia mais ...

Reserva Cazumbá-Iracema ganha 108 profissionais certificados pelo Pronatec

“Uma coisa que a gente nunca ia imaginar era poder usar o xixi da vaca para fazer inseticida”, comenta com entusiasmo dona Naira Maria, agricultora orgânica certificada pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, o Pronatec. Dona Naira é moradora da comunidade de Guarani, localizada na Reserva Extrativista Cazumbá-Iracema na região do Vale do Purus. Ela faz parte da turma do curso de Agricultor Orgânico, que com mais três turmas de diferentes cursos receberam certificados nos dias 17 e 18 de abril.

As comunidades da Reserva recebem o Pronatec desde janeiro de 2014, como fruto de uma parceria entre o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade e o Instituto Federal do Acre, responsável pela execução do programa. Além do curso de Agricultor Orgânico, foram concluídos, neste inverno amazônico, os cursos de Operador de Computador, Agricultor Agroflorestal e Agricultor Familiar. Também foram contemplados com os cursos, os moradores da comunidade Cuidado e do núcleo da reserva, em Cazumbá.  

Para o presidente da associação de seringueiros da resex e servidor do ICMBio, Aldeci Cerqueira Maia, conhecido como Nenzinho, este é um momento feliz e de enorme importância para todos. “Vocês deram conta do recado, fizeram as coisas acontecer. Quando a gente se propõe a fazer algo, a gente dá o nosso melhor e vocês se empenharam muito” disse aos novos profissionais durante a cerimonia de certificação em Guarani.

Resex Cazumba_Pronatec 2

Além de Seu Nenzinho, professores nos cursos do Pronatec também estiveram presente nas certificações. Gel Nunes e Rindra França acompanharam a equipe formada também pelo coordenador do Pronatec no Vale do Purus, Cleudo Farias e pelo assistente social do IFAC/Câmpus Sena Madureira, Edu Gomes. O diretor geral do Câmpus responsável pela execução dos cursos na reserva, prof. Marcelo Helder Santana e a coordenadora geral do Pronatec no IFAC, profa. Alcilene Alves também marcaram presença nas cerimonias.

As certificações tiveram inicio na manhã de sexta-feira, 17 em Guarani. Foram 23 profissionais formados, agora, agricultores orgânicos certificados pelo Pronatec. A comunidade, que já tem a agricultura familiar como meio de subsistência, passa, a partir de agora, a ter conhecimentos para evitar o uso de agrotóxicos e utilizar outras formas de combate às pragas nas plantações, como explicou o agricultor, Eraldo de Souza. “Aprendemos a usar menos veneno na plantação e tivemos uma aula prática de como fazer adubo utilizando as fezes do boi”.

Cazumbá – À noite foi a vez dos alunos dos cursos de Operador de Computador e Agricultor Familiar do núcleo da reserva receberem seus certificados. A cerimonia aconteceu no alojamento da reserva, em Cazumbá, e reuniu mais de 50 pessoas.

Entre eles, o aluno do curso de Operador de Computador, Márcio Maia da Silva. Perguntado se já sabia mexer no computador, o jovem fez piada. “Rapaz, a gente desmonta e monta o computador, só não sabe se funciona depois!”, comentou entre risos com os colegas de curso.

A certificação teve a mesa de honra formada pelo secretário municipal de educação de Sena Madureira, Altemir Lira e pelo chefe da resex e analista ambiental no ICMBio, Tiago Juruá. Além deles, Seu Nenzinho e os professores Marcelo Helder e Alcilene Alves formaram a mesa.

O chefe da Reserva elogiou as turmas pelo compromisso demonstrado durante os cursos. “Já são oito cursos ofertados na resex pelo IFAC através do Pronatec e quatro só aqui em Cazumbá. Queremos dar continuidade aos cursos, tendo em vista o comprometimento de vocês”, afirmou Juruá aos alunos.  

Concluindo o curso de Agricultor Familiar, Albertina Capistana, contou que há 15 anos trabalha como agente de saúde, mas é a primeira vez que se qualifica para trabalhar na terra. “Moro na roça a vida toda, mas nunca tinha feito um curso de agricultura”, conta orgulhosa. Falando em nome da turma, ela pediu mais cursos para a comunidade.

Resex Cazumba_Pronatec 6

Cuidado – A comunidade Cuidado recebeu o curso de Agricultor Agroflorestal pelo Pronatec certificando 27 profissionais na manhã de sábado, 18. Os moradores organizaram a igreja localizada próximo à margem do Rio Caeté para a cerimônia de certificação.

Para a profa. Alcilene, os cursos têm um significado muito grande naquelas comunidades, pois através do acesso à educação e ao conhecimento, os agricultores podem fazer a terra mais próspera. “Os cursos tem relação com a identidade de vocês, mas também com a melhoria da qualidade de vida e com a permanência de vocês na terra”, afirmou aos profissionais a coordenadora geral do Pronatec durante a certificação.

Resex Cazumba_Pronatec 4

“Talvez ainda não saibam medir a importância desses cursos para as comunidades da resex. Mesmo assim, me sinto feliz em ver jovens e adultos participando deste momento novo para a educação. É o momento para a comunidade entender que nós temos que nos apropriar. A reserva é um lugar dos melhores para se morar. Vamos valorizar esse momento. Conto com vocês para que a gente possa fazer a diferença”, completou Seu Nenzinho.

A cerimonia em Cuidado foi finalizada com um poema declamado em nome dos alunos do curso de Agricultor Agroflorestal por Antônia Rutinele de Lima sobre o Pronatec. “O Pronatec traz pra quem quer aprender / as oportunidades de mudar e a forma de viver / em uma sociedade que não podemos compreender” diz um trecho do poema. “É com grande emoção que venho aqui dizer / obrigado Pronatec pelo que veio fazer / em nossa comunidade, não tenho muito o que dizer / só quero dizer aqui que valeu aproveitar / cada minuto e segundo que vieram nos proporcionar / volte sempre estaremos a vos esperar”, pontua.

Resex Cazumba_Pronatec 5

Leia mais ...

IFAC certificará mais de 100 alunos na Reserva Cazumbá-Iracema

Entre as turmas que serão certificadas está a primeira do curso de Operador de Computador ofertado na Resex

Nos próximos dias 16, 17 e 18 de abril, o Instituto Federal do Acre – IFAC/Câmpus Sena Madureira fará a certificação de 108 alunos dos cursos ofertados através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) nas comunidades da Reserva Extrativista Cazumbá-Iracema.

As cerimônias serão realizadas nas comunidades, onde também ocorreram as aulas. Na Guarani, 23 alunos formam no curso de Agricultor Orgânico. Na comunidade Cuidado são 27 concludentes na turma de Agricultor Agroflorestal. Já no núcleo da Reserva são 57 alunos, 29 do curso de Agricultor Familiar e os outros 28 de Operador de Computador.

A comunidade da Reserva é beneficiada com os cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) do Pronatec/Ifac desde janeiro de 2014. Mas é a primeira vez que esses moradores têm acesso a capacitação na área de informática.

“Até então havíamos oferecido apenas capacitações voltadas para a produção rural, que é o que condiz com a realidade deles. E agora, o curso de Operador de Computador chegou para que os moradores da comunidade possam usufruir do laboratório de informática montado no núcleo da Reserva. Estamos promovendo a inclusão digital desta comunidade em parceria com o ICMbio, demandante do curso, junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), e parceiro do IFAC em todo esse trabalho de capacitação destas comunidades praticamente isoladas, com acesso apenas pelos Rios”, explicou o coordenador adjunto do Pronatec na regional Vale do Purus, Cleudo Farias.

O curso foi ministrado de forma intensiva. Com o apoio do ICMbio, os seis professores enfrentaram três horas e meia de viagem sobre o Rio Caeté e ficaram abrigados no núcleo da Reserva. Eles se revezaram de dois em dois em aulas nos turnos matutinos e vespertinos, de sexta a terça-feira.SAM 4275 2 640x348

O presidente da Associação dos seringueiros da Reserva e técnico administrativo do ICMbio, Aldeci Cerqueira Maia, o famoso Nenzinho, ficou impressionado com a resposta dos alunos ao curso. “Quando decidimos que seria bom termos esse curso fiquei apreensivo. Me perguntei: Será que eles vão fazer de verdade? Mas, graças à Deus a resposta foi muito boa. Tivemos 100 inscritos e foi bem difícil fazer a seleção para fecharmos a turma com apenas 30 alunos. Muita gente ficou de fora. A evasão foi mínima e os que conseguiram a vaga se dedicaram. A maioria deles nunca teve contato com um computador e hoje já conseguem manipular as máquinas. Sem falar que colocamos em uso todo esse equipamento que estava parado há meses e beneficiamos, principalmente, os nossos jovens”, declarou.

Izael Nery da Silva é morador da Resex, faz o terceiro curso pelo Pronatec/IFAC e falou sobre o que significa fazer algo diferente do que eles estão acostumados, que abre novos horizontes para quem tem a rotina voltada para o campo. “Nós sabemos que somos filhos de extrativistas e é difícil termos uma oportunidade como essa. É realmente um privilégio. Tão isolados por terra, mas agora vamos poder estar conectados com o resto do mundo, o que me deixa muito feliz”.

Alda Maia também mora na reserva, fez o curso de Operador de Computador e faz planos para se aperfeiçoar na área. “A gente sabe que essa é uma das únicas Reservas Extrativistas na Amazônia onde os moradores têm a oportunidade de fazer os cursos do Pronatec e ainda mais esse de Operador de Computador. Eu e meus colegas estamos muito felizes por mais essa oportunidade e agradecemos ao IFAC, ICMbio e a todos os parceiros. Agora é buscar o aperfeiçoamento”, completou.

O laboratório montado na Resex tem 11 computadores e agora dois dos 28 alunos que concluíram vão se tornar monitores para que o espaço continue a ser utilizado pela comunidade.

Leia mais ...

Alunas do Pronatec / Mulheres Mil participam de atividade com os filhos

A sala de aula é um ambiente de aprendizado, o que pode ser alcançado de várias maneiras. E uma das formas adotadas pelos professores do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec/Mulheres Mil, no Instituto Federal do Acre – IFAC/Câmpus Sena Madureira é a realização de atividades lúdicas, que desta vez envolveu as alunas do curso de Cuidador Infantil e seus filhos.

O professor Alteir Costa promoveu uma sequência de atividades voltadas para o desenvolvimento lúdico, do prazer, interação e da espontaneidade através de brincadeiras diversas, como: cantigas de rodas, jogos, recreações e expressão corporal.

“Além de aprenderem atividades que poderão executar quando estiverem no exercício da profissão, elas puderam ver o efeito destas brincadeiras sobre as crianças. Coisa que mesmo sendo mães, muitas vezes, não conseguem observar, porque trabalham demais, não convivem como deveriam com as crianças, por vários motivos” explicou o professor.

Para a aluna Sabrina Araújo a aula foi muito proveitosa. “A atividade serviu como uma ponte de ligação entre o mundo infantil e a realidade, nos mostrou a importância do saber brincar, de saber extrair o sorriso de uma criança e com isso gerar um duradouro laço de confiança. A aula nos permitiu visualizar na prática como devemos fazer. Nos expressar e aprender também com a observação”, ressaltou.

A coordenador adjunta do Pronatec/Mulheres Mil no IFAC/Câmpus Sena Madeira, Marcelle Araújo, também acompanhou a atividade. “Nos encontros de planejamento temos incentivado os professores dos cursos à incluírem atividades práticas em seu plano de aula, como forma de propiciar as alunas vivências em que possam relacionar o conteúdo teórico estudado em sala de aula com situações reais no cuidado com a criança. O professor Alteir colocou isso em prática e a gente percebe o resultado. Mesmo sem sair da sala, elas conseguiram aprender na prática o que ele sempre passa nas aulas” destacou a coordenadora adjunta.

Leia mais ...

Turma de Avicultor visita criação de frango de corte

De Sena Madureira para Brasileia, alguns quilômetros para que os alunos do curso de Avicultor, conhecessem a sistemática de trabalho em uma criação de frango de corte. Acompanhados pelo professor Cristhyan Garcia, engenheiro agrônomo, a turma foi apresentada a infraestrutura de alguns galpões e o funcionamento dos equipamentos.

“Essa região do Alto Acre vêm desenvolvendo um excelente trabalho na criação de frangos, utilizando além do manejo adequado e um sistema altamente tecnológico, por isso decidimos trazer nossos alunos. Conhecer algo feito com padrões de qualidade”, destacou o professor Garcia.

O professor também agradeceu a receptividade do senhor Ernestino Calixto, proprietário do galpão que abriu as portas para a turma. “Uma atitude de reconhecimento da importância de melhorar a vida dessas pessoas que também sobrevivem da criação de aves”, completou o professor.

Lucas Oliveira, aluno do curso, elogiou mais uma iniciativa de trabalhar a prática. “A aula de campo foi bastante proveitosa, pois além de verificarmos na prática os ensinamentos passados em sala de aula, foi possível acreditar que a criação de aves é viável podendo ser rentável, também, em Sena Madureira e região”, disse.

O curso é ofertado pelo Instituto Federal do Acre - IFAC/Campus Sena Madureira, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC),

Leia mais ...

Turma de Cuidador Infantil visita abrigo do CREAS

O abrigo infantil do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) em Sena Madureira, abriga crianças com idade entre 02 e 12 anos, vítimas de maus-tratos e abuso sexual. Conhecer a dinâmica de trabalho deste espaço e analisar de acordo com a teoria adquirida em sala de aula foi a tarefa dos alunos do curso de Cuidador Infantil, ofertado pelo Instituto Federal do Acre – IFAC/Câmpus Sena Madureira, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Durante a visita, coordenada pela professora Valéria Gaspar, os alunos participaram de vários momentos da rotina das crianças, como, banho, organização do ambiente (limpeza e organização dos armários), cuidados alimentares, atividades recreativas (brincadeiras lúdicas) e momentos de espiritualidade.

A coordenadora do abrigo, Maria Elita Costa Silva, fez uma explicação rápida sobre o abrigo. “O abrigo funciona há um ano e oito meses na cidade, recebe recursos da prefeitura municipal e doações. As crianças têm acompanhamento médico, odontológico, psicológico e de assistente social. Uma vez por semana as crianças são levadas para um passeio e estudam na educação básica e também no Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - Peti.

A coordenadora do abrigo destacou ainda que das três funcionárias responsáveis pelas 12 crianças abrigadas, duas fazem o curso de Cuidador Infantil, pelo Pronatec/Mulheres Mil.

A estudante Arquilene Vieira da Silva, 22 anos, falou da percepção que teve ao participar da aula prática. “Na hora da visita eu pude perceber que as crianças não tinham recreação de acordo com a faixa etária e vimos na realidade o que a professora já tinha dito em sala de aula, que para lidar com crianças que já passaram por muito sofrimento na família é preciso saber como agir, temos de nos aproximar delas e obter a confiança, o que não é fácil, mas não impossível”, exemplificou a aluna.

A coordenadora adjunta do Pronatec na regional do Vale do Purus, Marcelle Araújo, e a Orientadora Educacional Nélida Freitas, também acompanharam a atividade.

“Foi muito gratificante a atividade. Possibilitou às alunas conhecerem de fato as suas possibilidades profissionais no mercado de trabalho, que já absorveu duas alunas dos cursos de Cuidador Infantil do Programa”, destacou a coordenadora adjunta.

Leia mais ...

Turma de Avicultor constrói galpão ecológico

Os alunos do curso de Avicultor, ofertado pelo Instituto Federal do Acre (IFAC), através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), na comunidade do Polo Agroflorestal Elias Moreira, em Sena Madureira, participaram de atividades de campo que duraram vários fins de semana. No domingo, 22, concluíram as aulas práticas da disciplina de Sistema de Criação e Instalação com os retoques finais na construção de um galpão ecológico para criação de frangos de corte em sistema de criação semi-intensivo. A estrutura foi construída na propriedade da aluna Maria José de Paiva Bezerra - a Chácara Esperança.

O professor da disciplina, o engenheiro agrônomo Cristhyan Garcia, foi quem comandou toda a ação e mostrou aos alunos que é possível construir aproveitando material comum no campo, com o mínimo de gasto. “Para a construção do projeto foi adquirido no mercado local apenas a tela, os pregos e a lona, o restante do material foi proveniente da propriedade da aluna Maria José. Baixo custo e um local mais adequado para a criação das aves. Creio que consegui passar a lição e todos conseguiram compreender o processo”, declarou o professor.

O aluno José de Souza destacou a troca de experiências como o principal benefício da aula prática. “A aula prática é tão importante quanto a teórica, já que a maioria dos alunos se interessam em realizar a criação de aves. Além disso, com a participação de todos os alunos na construção do pequeno galpão há uma troca de experiência sobre técnicas a serem adotadas”, ressaltou.

José citou ainda como foi interessante construir com o reaproveitamento de materiais rústicos. “Assim reduzimos o custo e aumentamos a rentabilidade da produção”, disse.

prática sena aves

Leia mais ...

Semana em homenagem a mulher inicia em Sena Madureira

Começou nesta segunda-feira, 09 de março, a programação em homenagem as mulheres em Sena Madureira. A equipe do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego - Pronatec/Mulheres Mil, do Instituto Federal do Acre - IFAC, junto com a Coordenação de Assistência Estudantil do Câmpus, organizou uma semana de atividades que foi aberta com a realização da coleta para o exame do câncer de colo do útero e da palestra sobre “Planejamento Familiar”, na sede do Câmpus Sena Madureira.

A Enfermeira e coordenadora da saúde da mulher de Sena Maduereira, Reneide de Oliveira, foi quem atendeu as mulheres e passou nas salas de aula dando as orientações sobre métodos anticoncepcionais, laqueadura, exame da mama, distribuição de camisinhas, coleta de preventivo, entre outros. Enquanto Reneide fazia as mini-palestras, a enfermeira Valéria Gaspar ajudava na coleta para o exame.

Aluna do curso de recepcionista do Pronatec, Silvania Gomes Pinheiro, de 24 anos, foi a primeira a participar da ação de saúde. Ela disse que tem o costume de fazer o exame pelo menos uma vez por ano, e que gostou da ação, pois não teve que esperar para ser atendida. Colega de turma de Silvania, Maria Hellayana também aproveitou a oportunidade para fazer o exame. Ela tem dois filhos e garantiu estar sempre acompanhando a saúde. Maria já conhece a enfermeira Reneide há quase dez anos, mas reconhece faria o exame mesmo que fosse com outro profissional. “Com uma pessoa desconhecida é ruim, mas temos que fazer de qualquer jeito”, afirmou.

Na terça-feira, os alunos do curso técnico integrado de Informática, ofertado pelo Câmpus Sena, também foram envolvidos na programação. Apresentaram trabalhos e fizeram exposição de cartazes com Dados Estatísticos sobre a violência contra a mulher. Para fechar a terça-feira de atividades teve apresentação musical e depois peça teatral com a turma do PROEJA.

A programação segue nesta quarta-feira,11, com apresentação de Jogral e música dos alunos do curso técnico integrado de Informática, no Câmpus, e depois com aulão de alongamento nos turnos da tarde e noite, na Escola Messias Rodrigues.

Na quinta, a equipe do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (CEAM), parceira do IFAC, fecha a programação na Escola Messias Rodrigues, com palestras sobre a história do dia 8 de março – Dia Internacional da Mulher, Lei Maria da Penha, Políticas Públicas instauradas após o advento da lei, Impactos Psicológicos da violência.

A coordenadora adjunta do Pronatec Mulheres Mil, Marcelle Araújo, destacou o objetivo das atividades. “A semana foi pensada para promover a valorização da mulher, com o objetivo de despertar a conscientização da importância do cuidado com o seu próprio corpo e saúde em benefício da vida, assim como o debate e reflexão sobre a violência contra à mulher, implicações de leis e penalidade, conhecimento de seus direitos e da rede assistencial no município de Sena Madureira”, destacou a coordenadora.

A atividades envolveu as servidoras e alunas do Pronatec/Mulheres Mil e também a comunidade que compõe os cursos e atividades do IFAC/ Câmpus Sena Madureira.

Leia mais ...

Turma de Inseminador Artificial faz aula prática em Sena Madureira

Alunos do curso Inseminador Artificial em animais do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), do Instituto Federal do Acre IFAC/Câmpus Sena Madureira participaram de atividades práticas nos dias 28 de fevereiro e 1º de março. A primeira, em sala de aula, o professor Clebson de Souza e o supervisor do curso, Jefferson Diniz, mostraram todo o passo a passo para a realização da inseminação artificial em bovinos. “Os alunos tiveram a oportunidade de manusear os equipamentos necessários, como o botijão para o armazenamento do sêmen, bainhas, aplicadores, etc”, explicou o supervisor.

No segundo momento, a turma orientada pelo professor Clebson visitou a fazenda São Francisco, no km 47 da BR-364, Sena Madureira. “Os alunos tiveram a oportunidade de realizar a apalpação nas vacas, para acharem a cérvix dos animais que é de suma importância para a realização da inseminação artificial nas vacas”, esclareceu o professor.

Para fechar as aulas, os alunos e a equipe do Pronatec/Ifac realizaram um almoço para agradecerem ao produtor Manoel Moreira que disponibilizou a propriedade e os animais para a realização das atividades práticas. Como agradecimento.

Leia mais ...
  • 1
  • 2
  • 3
  • Pagina 2 de 3

Facebook